15
Abril
2015

As novas biotecnologias ecológicas

As novas biotecnologia ecológicas: aproximando ciclos metabólicos com áreas verdes produtivas - Palestra de Daniel Lipschits no Biofórum do Instituto de Biologia, Universidade de Campinas - São Paulo, Brazil

 

Frequentemente termos como 'ecologia industrial', 'ecologia da arquitetura da informação', etc. são entendidas como análogas, tomando emprestado o conhecimento a respeito da ecologia natural. Nos dias atuais, a compartimentalização da pesquisa científica em mecanismos pertencentes ao ambiente natural não é propício para o desenvolvimento de abordagem integralmente sistêmicas que podem levar em consideração os impactos ambientais diretos e indiretos da atividade humana de maneira conclusiva: as diferentes lentes científicas leva na melhor das hipóteses uma luz difusa nos efeitos dos contrastes entre linearidade da atividade humana e dinâmica cíclica da natureza. Ao definir o impacto humano na ecologia natural por meio de análise de ciclos metabólicos das atividades humanas (uso e processamento de água, energia, lixo, nutrientes e mercadorias), novas ideias na interrelação entre homem e natureza, entre ambiente natural e construído podem ser obtidos. Espera-se com esta palestra inspirar por meio de exemplos concretos de economia circular e mostrar como diferentes disciplinas científicas e inovações tecnológicas andam lado a lado na definição deste novo campo de biotecnologia ecológica.

Fonte: http://bioforumunicamp.blogspot.com/2015/04/daniel-lipschits-new-ecological.html

Login to post comments

More in this category:

Topo